Resenha

[RESENHA] “Um amor incômodo”, de Elena Ferrante

Elena Ferrante é o pseudônimo de uma autora italiana – eu acredito realmente que se trata de uma mulher – que teve o seu primeiro livro (Um amor Incômodo) lançado no ano de 1996. Porém, a publicação só chegou ao Brasil ano passado.

Anúncios
Resenha

[RESENHA] “Olhos D’água”, de Conceição Evaristo

Em uma reunião de 15 contos, Conceição Evaristo, escritora brasileira, nos apresenta para uma realidade que, muitas vezes, preferimos fechar os olhos ou fingir que não existe.

crônicas

ensaio sobre quando te agradecerei

da minha boca, custosa para anunciar que te louvo, brota a necessidade de exclamar que te agradeço. Pateticamente disforme, assim como tudo em que toco às mãos, tento moldar o que você merece ouvir, sobre o que tem o direito de saber, apontar quase como uma obrigatoriedade acordada entre eu, tu e o cosmos. hoje,… Continuar lendo ensaio sobre quando te agradecerei

textos

a instigante revolução de ir além

Depois de semanas existindo em rotina, em que acordava para trabalhar e ao primeiro passo para fora da cama já sentia meu corpo implorando para que voltasse, decidi bater no rosto, despertar e agir para alguma coisa que me ruborescesse novamente as bochechas. A falta do calor emotivo estava se definhando de maneira melancólica, não… Continuar lendo a instigante revolução de ir além

crônicas

quando chega a hora de dizer adeus

Neste primeiro momento vivo como um pequeno corpo em toda a violência de uma tempestade no mar. Sinto-me arremessada para todas as direções, sem dó, as ondas machucam e a chuva pesada me faz querer chorar. Quero escorrer como cada gota fria que sinto na pele, quero gritar mais alto que todos os trovões lançados,… Continuar lendo quando chega a hora de dizer adeus

cartas

Somos como balões que precisam alçar voos

Como um balão de ar, tenho momentos em que sinto que posso subir até o céu, passear entre as nuvens e dar um abraço nas estrelas. Totalmente preenchida daquilo que, de alguma forma, procuramos o tempo todo: felicidade e realização. Sinto como se o impossível fosse apenas uma palavra criada por alguém para denominar qualquer… Continuar lendo Somos como balões que precisam alçar voos