RESENHA: “VASTO MAR DE SARGAÇOS”, DE JEAN RHYS

Ao ler Jane Eyre, um ponto me deixou incomodada: A louca do sótão. Uma mulher que, como a luz de um farol, só é iluminada em determinados momentos da história. Limitada, carregando o estigma da loucura – como os vitorianos preconceituosos mais gostavam de fazer – , terminou ocupando um espaço pequeno e cruel, dando … Continue lendo RESENHA: “VASTO MAR DE SARGAÇOS”, DE JEAN RHYS

RESENHA: “A RIDÍCULA IDEIA DE NUNCA MAIS TE VER”, DE ROSA MONTERO

O quão ridículo e inadmissível é perder quem amamos? Como lidar com algo que nossa cultura nos ensina a evitar desde que nascemos como um assunto proibido? Como poderemos viver a dor? Como encontrar beleza e conforto na morte? Refleti sobre essas perguntas que surgiam na minha cabeça enquanto lia A ridícula ideia de nunca mais te ver, da espanhola Rosa Montero, que traça os caminhos de sua vida com a cientista Marie Curie.